[artigo] Moda, ontem e hoje

Posso estar sendo meio utópica falando isso, mas acho que a moda vem se fazendo cada vez mais democrática. Me explico: acho que nós, consumidoras, nunca tivemos tanto o poder em nossas mão como temos agora. Poder para decidir o que é moda e o que não é, independente do que digam as passarelas.

As leggings, por exemplo. Há quantas temporadas estamos escutando que as leggins estão mais que superadas, que essa é a peça nº na lista de inimigos da moda e blá, blá, blá? No entanto, olha ela aí! A legging é uma peça confortável, versátil e, na maioria dos casos, relativamente barata. Ninguém quer se desfazer das suas. O que aconteceu, então? As marcas tiveram de se reinventar, ou melhor, reinventar as leggings. E assim surgiram várias versões: a wet, a paetê, as estampadas, as metalizadas e por aí vai.

Acho que, por mais que estejamos vivendo a idade de ouro do fast fashion, em que tudo é descartável e incentiva-se o consumo incessante de moda, também estamos aprendendo a ser mais nós mesmos, a não nos importarmos tanto com o que nos mandam usar (será?).

Outro exemplo: os cortes de cabelo. Da metade ao final dos anos 90, para uma mulher adulta era impensável sutentar uma franjinha. O penteado ficou uns bons longos anos reservado apenas às crianças. Hoje, se democratizou e vemos mulheres de todas as idades exibindo suas franjas (vide a quarentona e elegantérrima Carla Bruni).

 

O mesmo acontece com aquele repicado exagerado que tinha ficado para trás desde os anos 80. Mesmo com o rótulo de ultrapassado, muitas mulheres andam desfilando o corte por aí sem medo. E vamos combinar, nem por isso estão menos lindas, né?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s