[cine] Grandes Figurinos – Parte V

Nós, figurinistas, temos um pouco complexo de “os chefes de departamento menos importantes das rodagens“. Sempre somos os últimos a terem os pedidos atendidos pelos diretores de produção, os primeiros a ter o orçamento cortado e os mais vistos como “divinos”.

Por isso, gosto tanto quando surgem produções que valorizam tanto a direção de arte e – conseqüentemente – o figurino, como é o caso de Maria Antonieta, da Sofia Coppola. Pode um filme gerar mais mídia por seu figurino que por seu conteúdo? Milena Canonero roubou a cena de Coppola filha (que nesta obra não foi muito bem recebida pela crítica) e levou o Oscar de melhor figurino em 2007.

A cena em que um All Star azul aparece rapidamente no closet de Maria Antonieta em meio a sapatos de época é explicada pela diretora: “Os tênis foram colocados de propósito para retratar Maria Antonieta como uma típica adolescente, independente do período da história”. Esta cena, por sinal, já virou clichê entre os cinéfilos: “Você conseguiu ver o All Star?” é o que me perguntam sempre que esse filme surge como assunto.

PS: Se algum dia eu resolver fazer uma série “Grandes Trilhas Sonoras” para este blog, Maria Antonieta entra lá também.

Anúncios

Uma resposta em “[cine] Grandes Figurinos – Parte V

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s