[evento] Fashion Rio

Tudo bem, tudo bem, já sei que este post vem com ares de atraso, mas, enfim… Aqui estamos, por fim, falando da Fashion Rio. Ao contrário da edição outono-inverno, que eu pude acompanhar de perto, desta vez, tive que seguir as notícias por internet, o que me dificultou um pouco. Mas vamos lá, dá para fazer um apanhado geral dos destaques até agora.

Como sempre (ou quase), gostei muito da Maria Bonita Extra. Em sua segunda coleção na grife, a estilista Ana Magalhães já trabalha com mais intimidade, transparecendo mais fluidez e naturalidade nas peças. A simplicidade, como se sabe, é uma das características da segunda marca da Maria Bonita.

Inspirada na personagem de “O Amante”, livro de Marguerite Duras passado na Indochina dos anos 30, a Maria Bonita Extra conseguiu um verão atrativo e confortável, com vestidos soltos, de comprimentos mais longos, capris, batas, coletes, túnicas e camisolas.


A Cavendish (que, com a saída da Colcci se coloca no topo do evento, ao lado da Maria Bonita) se inspirou no deserto do Saara e nas tribos nômades da região, em busca de um verão multiétnico.

A silhueta é bem solta, com macacões, túnicas e minivestidos desenvolvidos a partir da forma do káftan; do sarouel, calças com gancho mais baixo, mas com as pernas mais justas. As cores seguem as tendências européias, com roxo, pink e lima sobrepostos a areia, branco, prata, cáqui e ouro, com padronagens em flores e tie-dye.


E como em Fashion Rio de primavera-verão não pode faltar roupa de praia, tenho que falar do desfile da Salinas. Talvez por ser minha eterna preferida entre as marcas de biquini cariocas, eu espere demais. Mas a verdade é que a nova coleção não me empolgou muito, não.

Se algo salvou a Salinas do desastre foi o superelenco que eles colocaram na passarela: Isabeli Fontana, Izabel Goulart, Emanuelle de Paula, Ana Claudia Michels, Guisela, Bianca Klamt, Marcelle Bittar… Mulheres lindas, algumas das modelos mais bonitas do mundo, que desfilam moda praia com autoconfiança e charme como ninguém.

A inovação ficou por conta da indústria têxtil, materiais da moda transpostos para o beachwear. Novidades que, se os olhos não vêem, tampouco se evidenciam nas modelagens. O máximo de arroubo foram os com bolsos e os lacinhos tipo rabo-de-peixe, nas laterais e frentes. A coleção é inspirada nas sereias.


Para quem quiser pesquisar mais, aqui vai o calendário do que rolou até agora. O site da Erika Palomino (de onde eu tirei quase todo este post) está bem completo, vale a pena dar uma olhada. Fico devendo o post com os dias que faltam.

DIA 1, SÁBADO (07.06)

SPECULAR
LILICA RIPILICA
RITA WAINER

DIA 2, DOMINGO (08.06)
THAIS LOSSO
STA. EPHIGÊNIA
TOTEM
WALTER RODRIGUES

DAY 3, SEGUNDA (09.06)
TÊCA
MARA MAC
ALESSA
SALINAS
DROSÓFILA
TNG

DIA 4, TERÇA (10.06)
TESSUTI
HOMEM DE BARRO
FILHAS DE GAIA
APOENA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s